Salta - uma galeria viva

O Salta é também uma galeria de arte.

A cada temporada, um novo artista expõe suas obras, adicionando novos elementos ao fator visual da experiência sensorial.

Todas as obras estão à venda. Pergunte a seu empregado de mesa como adquirí-las.

ARTISTA DA VEZ

Juliana Matsumura
Juliana Matsumura - Artista da Vez na Galeria Viva do Salta em Lisboa

Juliana Matsumura (São Paulo, 1993) vive e trabalha em Lisboa. Licenciou-se em Desenho na Escola Ar.Co, e frequentou a Licenciatura em Moda na Universidade de São Paulo. Bolsas/Prizes: Bolsa de Criação Artística - Fundação Calouste Gulbenkian (2021); Exposição Nacional de Jovens Criadores - Fundação da Juventude de Portugal (2018). Exposições selecionadas: Body-smoke, curadoria do Colectivo Tarimba, Espaço Cultural Mercês, Lisboa (2021); Memórias da Água - Quantos a4 cabem no Áquatro - curadoria do Coletivo Tarimba, Barreiro (2020); GRÃO -AiR na Antiga Capitania de Aveiro (2020); Mostra Jovens Criadores 2018 na NOVA SBE, Carcavelos (2019); Evocatório na galeria MUTE, Lisboa (2018) e Plataforma de Artes Emergentes #18 na Leyden Gallery, Londres (2018).

Série Evocação + Amaterasu:
Juliana Matsumura incorpora no seu trabalho uma preocupação constante com os processos destrutivos, tanto naturais como humanos (distinção, que na verdade, não faz). Mais ainda, faz-nos pensar sobre a forma como encaramos diferentes tipos de destruição.  As pinturas evocam não só a destruição enquanto coisa que transforma e cria a matéria, como um terramoto, mas para tipos de destruição mais subtis, como a erosão do solo, o envelhecimento e o esquecimento. Como seria evocar, a partir da forma, a matéria remanescente de vários processos destrutivos e convidá-la a habitar imagens, traços e espaços?

“Evocação II”
2018
óleo sobre papel100 x 70 cm
€630

"Amaterasu I"
2018
óleo sobre papel100 x 70 cm
€590

“Anamnese II”
2016
21 x 29,7 cm
Tinta caligráfica, lixívia. Colagem sobre polipropileno. 
€420

Série Contaminação I:
Após encontrar uma caixa com vários cartões postais antigos, decidi desconstruir estes espaços urbanos. A série explora a destruição e reconstrução das imagens dos cartões postais - consequentemente, procura desconstruir a idéia de reduzir um lugar a uma imagem consumível. Os vários espaços estão contaminados num processo contínuo de sobreposição de camadas e cores.

“S/Título 9” (série Contaminação I) 2016
Tinta-da-china, tinta caligráfica e gesso acrílico sobre postal
10 x 15 cm
€240

“S/Título 13” (série Contaminação I) 2016
Tinta-da-china, tinta caligráfica e gesso acrílico sobre postal
10 x 15 cm
€240

“S/Título 8” (série Contaminação I) 2016
Tinta-da-china, tinta caligráfica e gesso acrílico sobre postal
10 x 15 cm
€240

“S/Título 5” (série Contaminação I) 2016
Tinta-da-china, tinta caligráfica e gesso acrílico sobre postal
10 x 15 cm
€240

“S/Título 1” (série Contaminação I) 2016
Tinta-da-china, tinta caligráfica e gesso acrílico sobre postal
10 x 15 cm
€240

“S/Título 14” (série Contaminação I) 2016
Tinta-da-china, tinta caligráfica e gesso acrílico sobre postal
10 x 15 cm
€240

Salta
Rua Rodrigo da Fonseca 82A, Lisboa
T. 211325822
info@salta.pt

_____________________________________

Copyright @ Salta 2021